Etiqueta de um bom e-mail

Ir direto ao ponto, ser mais breve e delimitar o campo assunto de maneira mais clara pode ser considerado alguns dos segredos para redigir um bom e-mail corporativo. Ele também diz muito sobre o remetente da mensagem, portanto evite excessos.

Passar credibilidade e comprometimento está vinculado ao profissional que escreve. E o estilo de escrita, formas de agradecimento e o bom uso da ferramenta transmitem ao destinatário impressões sobre a sua personalidade.

Mas atenção! Vale lembrar que a má utilização do e-mail do trabalho pode ser causa de demissão, devido ao vazamento de informações via e-mail ou mídias digitais que podem causar prejuízo à empresa.

A comunicação profissional deve ser de preferência, clara e sem abreviações. Isso significa que o uso de “vc” para “você” ou “qdo” para “quando”, por exemplo, pode ser evitado. Quanto mais longo e arrastado for o e-mail, menos atrativa será para o leitor. Utilize frases curtas e claras, escreva em tópicos para uma melhor organização de ideias. E não se esqueça, erros de português devem ser evitados. Bem como gírias e palavrões estão proibidas. Mensagens coloridas e com emotions são dispensadas também.

Ter cuidado com o botão enviar também ajuda a evitar constrangimentos. Um clique dado por engano e o e-mail enviado pela metade ou com informações incorretas pode prejudicar qualquer negócio. Discrição, bom senso e elegância são uma boa pedida. Principalmente na hora de se despedir.

Dicas para um bom E-mail Marketing

Podemos considerar o e-mail marketing como sendo uma ferramenta de negócios e
relacionamento bastante aproveitada no marketing digital. Se for bem utilizado, tendo
um objetivo definido, o intuito de fidelizar clientes fica bem mais fácil e a oportunidade de
conectar cada vez mais pessoas acaba tornando a comunicação personalizada.

Mais do que um simples contato eletrônico, seu contexto é capaz de estreitar os laços de
relacionamento com o cliente junto às grandes empresas. Fazer o marketing por e-mail tem muitos benefícios, como por exemplo, baixo custo, instantaneidade, envio de mensagem para muitos clientes de uma só vez e o aumento de vendas. Sem contar ainda com a facilidade que aprimora a interação positiva do cliente com a sua marca e negócios.

Para que o seu e-mail marketing seja bem-sucedido, é necessário filtrar as pessoas certas em sua lista de destinatários, definindo um público segmentado, seus interesses e expectativas sobre o que irão receber.

Abaixo, selecionamos algumas dicas essenciais para fortalecer o seu trabalho:

– Conheça os clientes: De nada adianta ter uma listagem enorme e irrelevante para o negócio. É preciso conhecer o cliente, saber o que ele compra; do que ele gosta. E contar com a autorização do mesmo é imprescindível. A melhor saída é deixar uma opção de cadastro tanto no ambiente virtual quanto físico.

– Conteúdo relevante: Deixe claro qual o propósito daquele e-mail. Se for venda, convite
ou apenas um informe, o conteúdo deve ser interessante para o consumidor, por isso, é
importante que você conheça o perfil de cada um e direcione suas mensagens para o público segmentado.

– Periodicidade: crie uma rotina com bom senso. Mandar várias mensagens por dia certamente resultará num opt out (quando o destinatário pede para que seu nome seja excluído do mailling) e uma por mês fará com que ele nem se lembre de você. Saber dosar é o segredo. É recomendável que seja pelo menos um ou dois envios por semana.

– Design da mensagem – Identidade visual da empresa é importante. Com um design simples, mas caprichado, as informações podem chamar a atenção de quem lê. Não esquecendo também de adequar esse e-mail marketing para várias plataformas como computadores, celulares e tablets. Uma dica valiosa: Quando o trabalho estiver pronto, faça um teste com seu e-mail pessoal.

– Acompanhe o retorno: A partir de um controle, você poderá saber quantas pessoas abriram a mensagem e quantas clicaram nos links. Essa mensuração é importante para a análise final dos dados e comprovar se o seu investimento foi positivo.

– Resultados: Mostra se as ações tem dado o retorno esperado para você. Os dados podem ser transformados em informações ou gráficos, para que posteriormente você faça um diagnóstico mais detalhado das preferências de seus clientes, dando abertura para novas campanhas.

Vale lembrar também que é preciso driblar o spam. Existe uma série de palavras ranqueadas em mecanismos específicos. Para que a sua mensagem não seja considerada lixo, você precisa fornecer um endereço de e-mail de retorno ou outro mecanismo de resposta baseado na Web que permita aos destinatários solicitar que você não envie futuras mensagens para aquele endereço de e-mail. O cumprimento dessas solicitações deve ser feita em até 10 úteis depois de receber o pedido de recusa e por no mínimo 30 dias depois de a mensagem ter sido enviada.

Preocupe-se em construir confiança para conquistar a lealdade dos clientes e fazer negócios. Você pode contratar uma agência de Marketing Digital para fazer todo esse gerenciamento para sua empresa.

Construa relacionamentos e bom trabalho!